Entenda mais sobre Cortisol

Atualizado: 5 de mar.



O Cortisol é um hormônio produzido na porção superior das glândulas supra renais. E é liberado quando somos expostos à situações de estresse (problemas, medo, barulho, luminosidade excessiva, drogas, alcool, poluição …)


 

O cortisol liberado após o estresse direciona as ações do corpo na tentativa de combater o que está estressando. Nesse momento(liberação de cortisol) as funções anabólicas (construção) do organismo são diminuídas, algumas paralisadas e ele se concentra na função catabólica (destruição) para obter energia e poder reagir.


Nosso corpo necessita muito do cortisol, ele tem papel fundamental no estresse que sofremos no dia-a-dia (seja físico ou mental) quando em quantidades normais.


Por exemplo: Durante um treino de musculação o cortisol é liberado e sua energia se direciona para a atividade, para que o organismo cumpra o objetivo que é executar o exercício.


Mas essa liberação deve ser momentânea e cessar. O cortisol é um hormônio CATABÓLICO, ou seja, se ficar por longos períodos na corrente sanguínea deixará de trazer benefícios e começará a causar destruição de músculo, pele e outros tecidos.


O excesso desse hormônio na corrente sanguínea leva a uma infinidade de alterações e sintomas como por exemplo a diminuição da libido, perda na potência de ereção (homens) , ansiedade, alterações de humor, baixa da imunidade com infecções frequentes além, é claro, de ser um grande responsável pelo aumento dos níveis de gordura e açúcar no sangue, que podem levar a problemas como a Diabetes e Hipertensão.


O grande problema é que com os hábitos da vida moderna, tem se tornado cada vez mais frequente o estresse e a consequente liberação de cortisol descontroladamente, durante todo o dia e não somente nos momentos ideais.


  • Como podemos controlar esse problema ?


O sono de qualidade é fundamental (aquele soninho induzido pelo Rivotril não vale viu ?rs ) é nesse momento que o corpo pode descansar e realizar a reparação dos danos causados ao longo do dia, além de ser o momento que hormônios e neurotransmissores importantes serão produzidos.


A alimentação também é parte muito importante no tratamento do excesso de cortisol, deixar de consumir alimentos industrializados com baixo valor nutricional, doces e outras comidas com alto índice glicêmico é algo importante para o tratamento. Bem como aumentar o consumo de alimentos ricos em FENILALANINA (ex: frango, abóbora, alcachofra) pois esse aminoácido estimula o aumento da produção de diversos neurotransmissores como a dopamina, que proporciona aumento do prazer e motivação ajudando muito a controlar o peso do estresse.


A prática de exercícios regulares ajuda além do controle direto ao cortisol, influi indiretamente qualidade do sono e na habilidade de fazer boas escolhas alimentares


A meditação é outra estratégia inteligente para controle do estresse, através dela conseguimos controlar melhor a liberação do hormônio através de técnicas respiratórias e de relaxamento e assim manter o corpo menos estressado e inflamado.


Além disso, qualquer outra situação que possa lhe trazer alívio e prazer como ouvir uma boa música, dançar, sorrir, passar um tempo com a família, viajar.. sem dúvidas será benéfico para que você controle o estresse e possa usufruir de uma vida mais longa, próspera e com uma boa perspectiva de qualidade.



18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo